terça-feira, 30 de março de 2010

cá estou ariana,impulsiva,rebelde,digo na hora,piso...
machuco,sou como uma tempestade tropical,na h,vai tudo pelo ar,porque sou explosiva,mas depois,nem penso mais no que digo,no que faço...já está...kakak...
parabéns a mim...eu mereço tudoooo..e este ano que hoje 30,começa para mim,chegará pleno de energia,
bem POSITIVA...
carlacosta Cfcarllucci507@gmail.com

quarta-feira, 24 de março de 2010

Agora,para os que me conhecem e não conhecem!!!

Mudando de assunt0...
ficaram talvez a conhecer o meu lado mais "sombrio"....mas,só por si o signo solar não diz nada,
falta o ascendente,mas eu digo sou Caranguejo,que me torna um pouco menos radical,um prazer conhecer-vos....
Carla Costa cfcarllucci507@gmail.com

Então, qual é o seu signo?

Então, qual é o seu signo?

A Astrologia é um assunto muito mais amplo do que parece

Talvez você nem imagine, mas quando alguém pergunta "qual é o seu signo?" - questão comum em nossa cultura - está em verdade levantando um ponto que só se tornou significativo a partir do início do século XX, por conta dos movimentos de popularização da Astrologia, em grande parte realizados pelo astrólogo inglês Alan Leo.
Apesar de a Astrologia ser um conhecimento com mais de cinco mil anos de história, a questão dos signos solares e a utilização dos mesmos como uma identidade é relativamente recente. Dizer algo do tipo "eu sou de Áries", "meu namorado é taurino" ou qualquer coisa que o valha, se fosse dito para um ser humano de antes do início do século XX, soaria como um código alienígena. A pessoa simplesmente não entenderia sobre o que se está falando. Mesmo hoje em dia, para qualquer astrólogo, este tipo de descrição identitária não significa muita coisa, ou pelo menos não mais do que dizer "eu tenho cabelos pretos". Dizer-se ariano, libriano ou qualquer outro signo não tem grande importância dentro do contexto de um estudo astrológico individualizado, feito a partir do estudo do mapa astral.
Quando Alan Leo popularizou o conhecimento astrológico a partir dos signos solares, o fez por um motivo muito simples: para saber qual o signo solar de uma pessoa, basta saber o dia e o mês em que ela nasceu. Todas as pessoas nascidas em 15 de setembro, por exemplo, serão virginianas. O signo ascendente exige um cálculo mais complexo, e o signo lunar então nem se fala... Mas o fato de o signo solar ser mais conhecido do que o signo lunar ou do que o ascendente, por exemplo, não tem nada a ver com uma suposta "maior importância" do signo solar, e sim com uma maior facilidade da informação. Como seu objetivo era popularizar a Astrologia, Alan Leo procurou divulgar o ponto astrológico que seria mais fácil para que qualquer um conhecesse, sem precisar realizar nenhum cálculo matemático complicado demais.
A cultura moderna do signo solar
Seu "signo", em verdade, é todo o seu mapa astral."Seu "signo", em verdade, é todo o seu mapa astral." Não faz o menor sentido estabelecer como critério único (e muito menos como critério principal) o signo solar, caso contrário diríamos que só existem doze tipos de seres humanos na Terra. Quer ver como a coisa é mais complexa? Se multiplicarmos os doze signos por doze possíveis ascendentes, teremos 144 tipos. Se ainda formos adiante e multiplicarmos os 144 tipos por 12 possíveis posições lunares, teremos 1728 tipos. Pensa que acabou? Pois me acompanhe: multiplique 1728 tipos por 3 possíveis posições do planeta Mercúrio, 5 possíveis posições do planeta Vênus, 12 posições de Marte, 12 de Júpiter, 12 de Saturno, e... chegamos ao assombroso número de 44.789.760 tipos diferentes de pessoas! E isso é apenas o começo, pois não considerei aqui o fato de que cada posicionamento planetário pode se manifestar em trinta diferentes graus, gerando determinados aspectos. Não levei em consideração pontos significativos, como os nodos lunares, a Parte da Fortuna, nem mesmo os planetas que ficam além de Saturno e são utilizados no contexto da Astrologia moderna. Não considerei o posicionamento dos planetas nas casas astrológicas. A idéia aqui não é ensinar Astrologia, mas mostrar para você, leitor, o quanto o assunto é mais amplo do que parece.
Se você ficou tonto com tantos números, igualmente tonto se sente qualquer astrólogo ao se deparar com reducionismos da identidade de signos solares. Não que não tenha havido mérito na popularização realizada por Alan Leo. Se por um lado podemos dizer que ele tornou a Astrologia um tanto superficial, por outro temos que admitir que muitos de nós só conhecem este assunto (eu, inclusive) porque houve alguém como Alan Leo para tirar a Astrologia do calabouço do conhecimento fechado a sete chaves.
Contudo, é preciso que tomemos cuidado com algumas coisas: digamos que você tenha tido duas, talvez três experiências ruins em sua vida com pessoas cujo signo solar é Libra, por exemplo. Daí para detestar librianos (pessoas que nasceram com o Sol em Libra) é um pulinho, e um pulinho errado. Em Astrologia, as compatibilidades e dificuldades entre pessoas são verificadas a partir de um estudo chamado "sinastria", em que o signo solar não desempenha um papel, digamos assim, decisivo. Dito assim, retornando ao exemplo, seu problema com librianos pode ter sido só uma coincidência, e nada garante que você não possa vir a ter uma ótima história com alguém que tenha o Sol em Libra no futuro. Além do mais, você também não sabe se o seu problema com os três librianos anteriores não se deveu a outro fator astrológico que só poderia ser identificado mediante uma análise sinástrica. Do mesmo modo, constitui um preconceito totalmente anti-astrológico realizar afirmações do tipo "não contratei fulano de tal porque ele é geminiano", ou "nem tentei amizade com sicrano, pois ele é sagitariano". Até para o lado positivo isso seria imprudente: se jogar num namoro só porque a pessoa é de um signo solar que você "acha legal" é perigoso. A cultura moderna do signo solar, como você pode ver, deixa muito a desejar quando falamos em verdadeiro conhecimento astrológico!
Signos não são constelações
Quando falamos em signos, há outro ponto que é fundamental esclarecer: signos não são constelações. Se alguém diz que é do signo de Escorpião, isso não tem absolutamente nada a ver com a constelação que leva o nome de "Escorpião". Alguns céticos costumam apontar para o fato de que as constelações se movem na esfera celeste, e que o Zodíaco de hoje em dia é totalmente diferente do Zodíaco de dois mil anos atrás. Estes céticos estão certos, as constelações mudaram de lugar realmente. O erro que eles cometem (e não só eles, pois muita gente que inclusive trabalha com Astrologia ignora isso) é confundir "signo astrológico" com "constelações".
Os signos da Astrologia são trópicos, e não constelacionais. Pra você entender melhor, imagine que uma faixa circular é projetada a partir da Terra, uma faixa dividida em doze setores iguais. Isso é o que na Astrologia nós chamamos de "signos zodiacais". Os signos, para a Astrologia, são geométricos. O que acontece é que pelo fato de algumas das constelações celestes levarem o mesmo nome dos signos da Astrologia, muita gente se engana achando que signos são constelações.
Por isso, mesmo que tal informação quebre o romantismo de uma noite estrelada, é preciso que você saiba que uma coisa é a constelação de Touro, e outra totalmente diferente é o signo astrológico de Touro. Dizer que alguém é de Touro, por exemplo, não tem nada a ver com o suposto fato de, no momento do nascimento desta pessoa, o Sol estar passando pela constelação de Touro, porque não estava. O que acontece é que, neste nascimento, o Sol passava pela zona geométrica que, para a Astrologia, corresponde ao signo de Touro.
Deste modo, você já sabe a resposta quando ler por aí que o seu signo mudou, ou quando se deparar com um cético que acusa a Astrologia de usar os signos errados. Esta informação não procede. Seu signo não mudou, justamente porque nunca foi uma constelação. Críticas à Astrologia sempre existirão, mas as piores são aquelas feitas sem conhecimento de causa. Nós, que apreciamos o tema, precisamos estar devidamente informados para não nos deixarmos levar por informações incorretas.
SOBRE O AUTOR
Alexey 
Dodsworth
Astrólogo há mais de vinte anos, graduado em Filosofia e diretor técnico da Central Nacional de Astrologia. Autor das interpretações de Astrologia, Tarot e Runas do Personare.

Áries e a explosão da vida

Áries e a explosão da vida

Entenda as qualidades de quem possui o signo de Áries no Mapa Astral

Do dia 20 de março até o dia 20 de abril, o Sol passa a transitar pelo espaço da eclíptica tropical que em astrologia chamamos de "signo de Áries". Pessoas que nascem neste período são designadas "arianas", pois nascem com o Sol neste signo. Áries, entretanto, é mais do que apenas o signo de quem nasce entre 20 de março e 20 de abril. Áries, assim como todos os signos zodiacais, é um princípio existente em toda a natureza e, por conseguinte, em todos nós. Toda pessoa, seja qual for a data de seu nascimento, terá o signo de Áries em algum lugar de seu mapa astral. Deste modo, de que maneira podemos compreender esta "força ariana" que existe em tudo?
Para você entender melhor o que é a "força Áries", todas as vezes em que você precisou tomar uma iniciativa, incorrendo em atitudes de risco, você estava acessando as qualidades arianas que existem em seu interior. A diferença entre pessoas que têm Áries forte em seus mapas astrais e as pessoas que não têm Áries forte é que as primeiras têm mais facilidade em assumir riscos e tomar iniciativas do que as segundas.
Quando começamos algo novo, principalmente quando este "algo novo" é uma coisa arriscada e totalmente diferente de tudo aquilo que já experimentamos, estamos vivendo um pouco das qualidades atribuídas ao signo de Áries."Quando começamos algo novo, principalmente quando este "algo novo" é uma coisa arriscada e totalmente diferente de tudo aquilo que já experimentamos, estamos vivendo um pouco das qualidades atribuídas ao signo de Áries." Uma pessoa que possui tais qualidades mais marcantes em seu mapa (os nascidos com o Sol, o ascendente, a Lua ou Marte em Áries, por exemplo), passa a vida num eterno "começar de novo", não tendo medo de se jogar em novas direções. Coragem, portanto, é uma das qualidades mais poderosas em Áries e, para ter coragem, é preciso sempre ter um pouco de ingenuidade, outro traço característico do signo. Todo ser humano possui, em maior ou menor grau, um lado que deseja a aventura, que almeja o novo, o risco. Os tipos marcados em seus mapas por uma forte qualidade ariana, entretanto, possuem este desejo de aventura, novidade e risco em graus superlativos, muito mais intensos do que o normal.
Virtudes e defeitos
A espontaneidade e a impulsividade que caracterizam as pessoas com forte presença de Áries em seus mapas astrais são traços que desencadeiam tanto virtudes quanto defeitos. A sinceridade, por exemplo, é uma virtude. Mas, quando excessiva, se converte em descortesia. A coragem é outra virtude. Mas, quando excessiva, se converte em imprudência, em tendência a cometer tolices impensadas. Como ocorre com tudo, a diferença entre virtude e defeito é uma questão de dose. O problema é que os tipos clássicos de Áries estão quase que continuamente indo além da dose recomendada para todas as coisas, o que termina gerando problemas. Moderação é uma qualidade que os tipos arianos aprendem a ter quando ficam mais maduros.
Áries é um signo de Fogo, portanto de temperamento colérico. É regido pelo planeta Marte, que para os antigos romanos era o deus não apenas da guerra, mas também a divindade que permitia a germinação das sementes. Não à toa, o nome "Marte" vem do latim mars, e significa "crescer, brilhar, tornar-se maior". Estar ao lado de um tipo clássico do signo de Áries é viver uma aventura diferente a cada dia. Quase sempre divertido, às vezes cansativo por conta do ritmo acelerado, mas, sem dúvida, jamais tedioso!
SOBRE O AUTOR
Alexey 
Dodsworth
Astrólogo há mais de vinte anos, graduado em Filosofia e diretor técnico da Central Nacional de Astrologia. Autor das interpretações de Astrologia, Tarot e Runas do Personare
 
 
 e cá estou a fazer uma homenagem a mim,que sou assimzinha mesmo....nascida a 30 de Março...

eu sou ariana...lol

terça-feira, 23 de março de 2010

Cazuza - Quase Um Segundo

será que ainda pensas em mim?!!!
claro que sim...

domingo, 14 de março de 2010

É sempre tempo de se aprimorar


É sempre tempo de se aprimorar

Todos precisam de uma constante reciclagem. Invista em você.
Há algum tempo atrás estudar era coisa para criança ou, no máximo, para os jovens. Frequentava-se a escola para aprender a ler e escrever, eventualmente para aprender uma profissão. Depois, no mercado de trabalho, era cada um por si! Mas as coisas mudaram rapidamente e hoje estudar tem que fazer parte da rotina de quem quer alcançar as melhores posições de trabalho, mas não só isso. Estudar, se aprimorar, dedicar tempo e energia para um novo projeto, torna o ser humano cada vez mais capaz não só profissionalmente, mas resulta em pessoas melhores, mais bem adaptadas e felizes!
Os adultos de todas as idades já não têm mais desculpas para não estudar! Para qualquer lugar que se olhe é possível ver boas oportunidades e uma delas certamente terá a sua cara!
Se você optar pelo ensino formal, pode terminar o que ficou inacabado, matriculando-se em um curso supletivo presencial ou online. No curso presencial sempre você terá um suporte maior, além de poder ampliar seus relacionamentos pessoais. Já em um curso online, o que vai falar mais alto é a praticidade e se você for uma pessoa bastante disciplinada, vai colher bons frutos desta escolha.
Você também pode fazer parte de um grupo de pessoas que após concluir o segundo grau parou de estudar. Se você não chegou a cursar uma faculdade aos 18 ou 20 anos, nada impede que você comece a fazer isso agora, não importa a idade que você tenha. Cada vez é mais notória a presença de diversas faixas etárias em cursos universitários de todo o tipo.
Mas se você já tem um curso superior, também não tem desculpa. Todos precisam de uma constante reciclagem para estar a par das novidades da atuação profissional, de técnicas novas e de aprimoramento do conhecimento. Fazer uma pós-graduação ou uma especialização pode estar meio distante de seus objetivos, talvez você tenha dificuldade de encontrar um tempo para isso. Mas faça uma pequena pesquisa e vai descobrir que as ofertas de cursos são muitas, com temas muito interessantes nas mais diversas áreas e com horários bastante cômodos, muitas vezes em uma noite por semana ou em um final de semana por mês.
Agora, se você não se sente atraído pela ideia de investir em um curso formal, preste atenção a muitas outras opções que podem lhe trazer grandes benefícios pessoais e profissionais. Partindo de um curso de línguas e chegando à música ou as práticas corporais, você passa por um amplo leque, que mesmo não estando diretamente ligado a sua atividade profissional, são opções que vão ajudar você a ser uma pessoa mais completa, mais realizada e mais bem disposta.
Dicas de atividades a desenvolver:
  • Canto ou um instrumento musical. Não há idade pra começar a aprender. Você pode optar por uma abordagem mais popular ou mais clássica, conforme seu gosto. Dedicar-se à música algumas horas do seu tempo vai ser um excelente exercício de prazer!
  • Praticar algum esporte ou arte marcial. Vale até o jogo de futebol com amigos, desde que seja uma atividade com frequência e compromisso. E vale também as práticas que combinam técnicas meditativas com práticas corporais, como o tai chi chuan e o yoga. O que importa é se abrir de uma maneira nova para deixar que esta atividade entre de maneira intensa na sua vida.
  • Estudar uma língua. Embora seja também, para a maioria das pessoas, um diferencial profissional, estudar uma nova língua é uma atividade que sempre amplia horizontes. Ou mesmo estudar mais profundamente sua língua natal. As palavras carregam consigo conceitos e sempre que ampliamos o conhecimento delas, ampliamos também nossa maneira e ver o mundo.
  • Fazer um curso de temas como filosofia, astrologia, mitologia ou astronomia. São áreas que vão exigir de você uma maneira diferente de pensar, estimulando seu cérebro a funcionar de maneira nova.
  • Aprender a dançar. Pode ser uma aula de dança de salão, na qual você pode se matricular mesmo sem par. Dançar estimula os sentidos, alivia as tensões e traz vitalidade!
Então, agora é só escolher e colocar seus planos em ação! E você verá que aprender, crescer e amadurecer são verbos que nunca devem deixar de nos acompanhar ao longo da vida!
SOBRE O AUTOR
Katia 
Leite
Com formação universitária em Naturologia, dedica-se a atendimentos individuais e em grupo em São Paulo. Busca nos elementos da natureza os instrumentos que ajudam a manter e recuperar a saúde.

domingo, 7 de março de 2010

MULHER - ERASMO CARLOS (HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER)


DIA DA MULHER...

Com tantos papeis, o que priorizar?

Com tantos papeis, o que priorizar?

Aprenda a administrar melhor seu tempo e tenha um dia mais produtivo

"Dizem que a mulher é sexo frágil / mas que mentira absurda / Eu que faço parte da rotina de uma delas / Sei que a força está com elas". A letra da música cantada por Erasmo Carlos enaltece a força da mulher que divide sua atenção entre o marido, que quer uma mulher só sua, ao mesmo tempo em que ela amamenta o filho homem recém-nascido, estende a mão para o segundo e oferta sua atenção para o terceiro filho sedento de amor. São "quatro homens dependentes e carentes da força da mulher".
O século XX foi testemunha de incontáveis transformações que levaram ao desequilíbrio e confusão dos papeis da mulher na sociedade. Antes vista apenas como a dona da casa, "a patroa", "a rainha do lar", a mulher ingressou firme no mercado de trabalho e passou a lutar por igualdade de direitos com os homens nos diversos segmentos da sociedade.
Hoje existem mulheres na política, quando nem mesmo tinham o direito de votar. Nas empresas, as mulheres estão assumindo posições de destaque, antes somente ocupada pelos homens.
Como conseguir tempo para tudo?
Todas essas conquistas têm um preço. Alguns homens foram educados e treinados desde cedo que cuidar da casa e dos filhos é trabalho para a mulher. Assim, muitas mulheres que trabalham e estudam fora para complementar a renda familiar, são obrigadas a enfrentar a terceira jornada de trabalho - esta não remunerada - de limpar, lavar, passar, cozinhar, amamentar. E ainda precisam estar lindas e deliciosamente perfumadas para os seus maridos que querem uma mulher linda, feminina e sedutora em casa à noite.
Mas como conseguir tempo para tudo isso, se o dia só tem 24 horas para homens e mulheres? Aqui vão algumas dicas, que poderão ser de grande utilidade:
  • Cuide bem da sua saúde, você vai precisar. Boa alimentação, exercícios, meditação, uma boa noite de sono, diversão, visitas regulares ao médico e ao dentista, entre outros cuidados, vão lhe deixar mais bem preparada para enfrentar a maratona do dia-a-dia.
  • Organize o seu dia de acordo com os papeis que desempenha na vida: mulher, mãe, estudante, esposa, profissional etc. Administrar o tempo é fazer o que você considera importante e prioritário;
  • Estabeleça metas (por escrito) de curto, médio e longo prazos para cada um desses papeis;
  • Tenha bem claro em mente o que é importante para você e trace um plano de ação sobre como realizar essas metas. Estabeleça uma sequência em sua mente.
  • Faça sempre uma revisão mental do que você já fez e precisa fazer, estabelecendo a sequência de acordo com as prioridades. Esteja atenta ao que você está fazendo, verificando se está se aproximando ou se afastando desses objetivos traçados.
  • Seja organizada, mantenha as coisas em ordem e no lugar certo. Determine uma sequência para realizar as tarefas diárias e tenha seus objetivos sempre em mente. Assim você sempre saberá o que fazer, e fará as coisas com mais agilidade, ganhando mais tempo e se cansando menos;
  • Administrar o tempo é organizar a sua vida de tal maneira que você tenha tempo para fazer as coisas que são realmente importantes, tanto nos âmbito pessoal quanto profissional.Identifique as tarefas que são:
  • 1Importantes mas não urgentes
  • 2Importantes e urgentes
  • 3Não importantes mas urgentes
  • 4Não importantes e não urgentes
  • Procure se organizar de modo a fazer todas as tarefas que são importantes, antes que se tornem urgentes e que você vem negligenciando porque anda tão ocupada com tarefas urgentes e de rotina que não sobra tempo para fazer o que é realmente importante.
  • No trabalho, aprenda a delegar. Faça as seguintes perguntas para certificar-se de que está delegando as tarefas certas:
  • 1O que eu estou fazendo que não precisa ser feito?
  • 2O que eu estou fazendo que poderia ser feito por outra pessoa?
  • 3O que eu estou fazendo que apenas eu posso fazer?
  • 4O que eu deveria fazer que não estou fazendo?
  • Liste os seus valores, os princípios pelos quais se orienta na vida e dos quais não quer abrir mão;
  • Aprenda a dizer "não". Saiba respeitar os seus limites. Afinal, você é apenas um ser humano;
  • Converse com o seu parceiro, filhos e outros membros da família, sobre as suas necessidades e consiga um compromisso onde cada um seja responsável por determinadas tarefas; Pode parecer pouco, mas se cada um lavar o seu copo, prato e talher, já vai poupar 30 minutos ou mais de louça para você lavar por dia.
  • Separe um tempo para você. Cuide dos seus cabelos, suas unhas, da sua aparência. Esses cuidados aumentarão sua autoestima e lhe deixarão mais atraente e feliz. Se você não o fizer, as outras na rua certamente o farão.
  • Viva a vida com um sorriso no rosto. Planeje atividades que lhe dão prazer. Divirta-se, vá a praia, ao cinema, teatro, dance, viaje, namore. A vida é para ser vivida. "O tempo voa, escorre pelas mãos". Quando você se der conta, vai perceber que está envelhecendo. Se isto acontecer e você perceber que não viveu a vida, não vale ficar lamentando. Nunca é tarde para começar. O momento de viver é aqui e agora. O passado já se foi, o futuro ainda virá. O momento atual é uma dádiva de Deus para relembrarmos o passado, planejarmos o futuro e vivermos uma vida feliz. Por isso se chama "presente".
SOBRE O AUTOR
Claudio
 Domingos
Trainer internacional e consultor de empresas com mais de vinte e cinco anos de experiência em desenvolvimento de pessoas e formação de líderes em grandes organizações. Especialista em aprendizagem acelerativa

Entre em contato com você mesma Você é muitas em uma?

Entre em contato com você mesma

Você é muitas em uma? Aprenda uma meditação para desacelerar
por Regina Restelli

Os homens que me desculpem, mas ser mulher é uma missão.A mulher moderna desenvolveu a capacidade de ser várias no mesmo dia e, o que é pior, muitas vezes ao mesmo tempo.
Quantas vezes você se lembra de ter feito duas ou até três coisas simultaneamente? Isso é comum? E quantas vezes o dia parece não ter horas suficientes para realizar todos seus compromissos? Levar seus pais ao médico, as crianças na escola, trabalhar, fazer compras no mercado, fazer a depilação, as unhas, tingir os cabelos. No fim do dia, pegar as crianças na escola, colocá-las no banho e após o jantar ser aquela namorada maravilhosa com quem seu marido se casou... Isso faz parte da sua realidade? Pense bem, nossos dias deveriam ter no mínimo 32 horas.
Temos um universo cheio de afazeres, sempre perturbado por ruídos e preocupações e quando vamos relaxar, ligamos a TV, entramos em blogs, entre outras distrações. Esquecemos que para nos recuperar física, mental e emocionalmente, devemos nos interiorizar e não nos distrair de nós mesmas. E o efeito final desta maneira de se comportar só pode acabar gerando, depois de algum tempo, um vazio enorme, estresse e até doenças físicas.
Em busca de equilíbrio
Os excessos em nossas vidas nem sempre são uma boa escolha. A cultura moderna cultua o exterior com sua tecnologia e comunicação. Mas para mantermos a harmonia interna temos que investir no interior. É isto que nos trará equilíbrio.
A mulher se desdobra em afazeres múltiplos por amor ao outro, por hábito, para sentir-se poderosa ou mesmo para não correr o risco de sobrar algum tempo e acabar tendo que entrar em contato consigo mesma."A mulher se desdobra em afazeres múltiplos por amor ao outro, por hábito, para sentir-se poderosa ou mesmo para não correr o risco de sobrar algum tempo e acabar tendo que entrar em contato consigo mesma." Para algumas mulheres isto seria insuportável, pois demanda coragem e disponibilidade de se transformar. Pense uns dias, se observe e veja se você se enquadra em alguns destes perfis.
Sabemos que excessos não nos fazem bem. Então já é hora de equilibrar e trazer a realização da interiorização para sua vida. Nunca é tarde ou difícil o bastante para se fazer uma coisa nova. Não se apegue a medos paralisantes. Respire, feche os olhos e sinta-se. Seu interior é único e totalmente capacitado para lhe trazer todas as respostas das perguntas que rondam sua vida. Acesse o bem- estar e a paz interior: medite!
Um tempo com você
Meditar é colocar atenção em alguma coisa. Fique atenta ao seu interior. Como você respira? Relaxe os ombros, coloque ar no seu ventre. Acalme sua mente prestando atenção a sua respiração e fique cada vez mais tranquila, livre e natural. Sinta seu coração bater. Perceba como você esta acomodada. Relaxe ainda mais. Comece a notar seus sentimentos neste momento, aceite-os e fique com você o máximo possível. Sempre tente mais um pouco. Em poucos dias verá que vale cada segundo de recolhimento.
Faça a diferença do tempo "para" você, um tempo "com" você. Os limites no seu dia-a-dia são determinados pelas suas escolhas e atitudes. Se seu dia é curto para mais esta atividade, use sua criatividade. Vá ao cabeleireiro e em vez de ver revista e ficar conversando, feche os olhos e responda a si mesma: "Como eu estou me sentindo agora?". Pare, espere a resposta e relaxe. Lembre-se: respeite seus limites todos os minutos. Viva o agora atenta ao que sente e como sente. Tente fazer uma coisa de cada vez, pois assim poderá aproveitar cada momento de seu dia.
Receba os presentes de estar presente, realizando suas ações com concentração, respeito e amor. Comece já: "Como você esta se sentindo neste momento?"
SOBRE O AUTOR
Regina 
Restelli
Terapeuta Energética. Combina técnicas e dinâmicas energéticas com base na Radiestesia e na Radiônica. Mantém no Rio de Janeiro o Sanat Kumara Centro de Terapias Energéticas.

quarta-feira, 3 de março de 2010

terça-feira, 2 de março de 2010

Filme Super Bock censurado!

cliquem aí...votem em mim...obrigado...no símbolo da super bock...só uma voltinha com o dedo...preciso...faz favor...

Pesquisar neste blogue

Ocorreu um erro neste dispositivo

Acerca de mim

A minha foto
Sou,o que sou,não faço fretes,e quando não gosto,é difícil disfarçar,porque detesto mentira e hipocrisia....

Sugestão...



Busquem-me Aqui...

Seguidores

AddThis

Share |

Eu Linko!

Eu Linko